HAMBURGUER CE1920
SHARE

Apesar de todo o aparato, direita é residual nos atos

Único jornal da esquerda

Jornal Causa Operária rebate campanha caluniosa e orienta a luta

Adquira a nova edição do JCO

Militantes de Araraquara vendem o Jornal Causa Operária nas ruas da cidade – Foto: Arquivo JCO

Publicidade

Os atos do dia 3 de julho ainda estão sendo tema de conversas e debates em praticamente todo o País. Desde a imprensa burguesa, que ataca de maneira frontal setores da esquerda mais radicais como é o caso do PCO, até os setores que defendem que a direita não ouse colocar os pés nas manifestações, ainda falam sobre os ocorridos na mobilização.

É esse justamente o tema central desta edição do Jornal Causa Operária, veículo de imprensa mais antigo de toda a esquerda brasileira, que se encontra na edição de número 1.169.

A manchete principal da capa do JCO diz “São as ruas pintadas de vermelho que vão derrubar Bolsonaro”, em contraposição à ideia de que o parlamento, ou então a ideia extravagante de que os “verde-amerelos” é que vão derrotar o bolsonarismo.

WhatsApp Image 2021 07 10 at 19.07.48 4

Ainda no caderno A do jornal, está presente uma carta aberta emitida pelo Partido da Causa Operária endereçada a todos aqueles que se preocupam com o movimento Fora Bolsonaro e que querem que ele seja vitorioso. Nesta carta, são discutidos temas como quem devem ser os organizadores da mobilização, como ela pode ser a mais democrática possível e o perigo de que a direita golpista se infiltre nos atos.

Também estão presentes matérias sobre o que de fato aconteceu no dia 3 de julho durante a briga entre militantes do PCO e do PSDB, briga esta que acabou por expulsar os tucanos da Avenida Paulista.

Caderno B

Neste caderno, um dos principais pontos discutidos é a questão do assassinato dos movimentos por um golpe de estado no Peru, que visam derrocar o presidente eleito do país, Pedro Castillo, em favor da candidata de extrema direita Keiko Fujimori, filha do ex-ditador Alberto Fujimori.

Também é discutido o fato de que o presidente do Haiti,  Jovenel Moïse, um lacaio do imperialismo, tenha sido assassinado em um clima de guerra contra a população do país mais pobre de toda a América Latina.

Ainda no âmbito internacional, é debatida a queda do primeiro ministro na Suécia, a prisão do ex-presidente da África do Sul Jacob Zuma, a falta de vacinas mundial e outros.

Os editoriais dos coletivos do Partido da Causa Operária, o Coletivo de Negros João Cândido, a Aliança da Juventude Revolucionária e o Coletivo de Mulheres Rosa Luxemburgo têm como respectivos temas a presença dos chefes da polícia (PSDB) nos atos da esquerda, a união entre a UMES (órgão do PPL, que se encontra dentro do PCdoB) com o PSDB nos atos do dia 3 e os ataques aos direitos das mulheres em Portugal.

O caderno ainda conta com matérias sobre a situação sindical no Brasil, dando destaque a uma campanha direitista dentro da Apeoesp contra os partidos de esquerda.

Caderno de Cultura

Nesta edição, está presente a última parte da série de matérias em homenagem ao poeta Castro Alves, cuja morte fez 150 anos no dia 6 de julho. O poeta, além de um dos maiores de toda a história do país, foi um militante ferrenho pela abolição da escravidão no Brasil.

Além disso, o caderno conta com uma matéria especial sobre os 100 anos do Partido Comunista Chinês e traz a última parte do texto “Sobre as ilusões constitucionais” de Vladimir Lênin.

Você pode adquirir o jornal através dos militantes do PCO, assim como pela loja do partido (www.lojadopco.com) ou de forma online, pelo site: https://jornal.causaoperaria.org.br/assinar/.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.