Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Paritarias-docentes-La-Plata-23-07-18-2
|

Buenos Aires, Prensa Latina A capital argentina e outras 49 cidades vivem hoje uma jornada de protesto com várias organizações sociais que exigem terra, teto, trabalho e um aumento nas compensações sociais, entre outras reivindicações.

Em uma quarta-feira que promete ser agitada, as palavras de ordem, o toque de tambores, as bandeiras, os cartazes e as colunas de manifestantes se apoderarão da movimentada avenida 9 de julho e outras ruas desta cidade, uma imagem que se repetirá em outras partes do país como Jujuy, Misiones, Santiago del Estero, La Rioja, Mendoza e La Pampa.

Liderada por organizações como a Confederação de Trabalhadores da Economia Popular (CTEP), a Corrente Classista e Combativa (CCC), Favelas de Pé, a Frente Popular Darío Santillán e a Frente de Organizações em Luta (FOL), a ‘jornada nacional de luta’ somará um grito coletivo para dizer basta aos aumentos de alimentos e nos preços dos serviços.

Desde cedo esperam-se concentrações em três lugares bem movimentados da capital, um deles na praça Congresso, nas proximidades do Poder Legislativo.

Outras organizações, como o grêmio dos transportadores ou a Associação de Trabalhadores dos Estados, exigirão o ajuste econômico do Governo.

Um dos pedidos urgentes será de negociações salariais que contemple os aumentos da cesta básica de alimentos e das tarifas dos últimos meses.

Mas os manifestantes também exigirão perante o ministério de Desenvolvimento Social a implementação da urbanização dos bairros populares e fundos para a infraestrutura social.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas