Aprofundamento da ditadura
O governo saudita anunciou entre outras medidas de “combate” ao coronavirus, o toque de recolher. Um agravamento da ditadura no país.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
images (22) (1)
Países usam de coronavirus como pretexto para ditadura. Imagem: Abdel Ghani Bashir/AFP |

Da redação – O rei Salma da Arábia Saudita, anunciou que como forma de contenção ao coronavirus o país adotará por ordens reais o toque de recolher durante o período das 19 horas até as 6 horas.

O país é o com maior número de casos na região, ultrapassando os 500. Anteriormente o governo saudita já havia injetado 32 bilhões de dólares no mercado para evitar a quebra de estabelecimentos comerciais. Além disso fechou diversas mesquitas por todo país.

Esta medida apenas não entra em vigor para as forças armadas e funcionários da saúde.

No entanto, seguindo o exemplo de muitos locais do mundo, as ações da Arábia Saudita no combate  à pandemia são mínimos. O país adota medidas superficiais enquanto gasta bilhões para salvar os capitalistas. O toque de recolher, além de não resolver em nada, apenas aprofunda a ditadura no país, uma atitude extremamente fascista contra o povo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas