“Aproximações sucessivas do golpe militar”: Exército realiza operação em Pelotas-RS

imgpsh_fullsize

Da redação – Nesta segunda feira, dia 19 de novembro, a cidade de Pelotas, localizada no interior do Rio Grande do Sul, foi surpreendida com uma operação das Forças Armadas que colocou dezenas de soldados em pontos estratégicos e ruas principais da cidade. A operação, que pegou os cidadãos de surpresa, contava com forte aparato repressivo e intimidou a população ao fazer “blitz” para os carros e revistar os pedestres.

De acordo com relatos de moradores da cidade e de acordo com as imagens da operação, a ação dos militares contou com vários veículos de grande porte e com soldados fortemente armados com armamento de grosso calibre. A ação dos militares, tal qual vem ocorrendo em várias partes do país, coloca os soldados nas ruas em exercícios nos quais a repressão à população é a principal atividade.

Vale ressaltar, que após o Golpe de Estado de 2016 que destituiu ilegalmente a Presidenta Dilma Rousseff, centenas de operações como esta foram realizadas por todo o território nacional, como uma espécie de treinamento para as Forças Armadas em um possível fechamento do regime através de um Golpe militar aberto.

Ainda de acordo com os relatos, além de terem realizado operações nas vias principais da cidade, os militares também fizeram exercícios em frente a polícia militar e possivelmente em conjunto com ela. Isso mostra que além da preparação dos militares, também há uma preparação das próprias polícias militares que atuam como mecanismos de repressão da população.

É preciso denunciar a ação pública dos militares, é preciso denunciar a possibilidade um Golpe militar e, sobretudo, organizar o movimento popular de massas para combater o avanço dos militares e do Golpe de de Estado de conjunto.