Pandemia da COVID-19
Donald Trump anunciou que terá alta hoje (05) e ainda fez deboche da pandemia que já matou mais de 210 mil norte-americanos.

Por: Redação do Diário Causa Operária

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou via sua conta no twitter que irá deixar hoje (segunda, 05/10) o hospital “Walter Reed Medical Center” no qual foi internado na última sexta (02) por estar contaminado pelo coronavírus, em teste divulgado na quinta (01).

Durante o final de semana Trump chegou a dar voltas de carro na frente do hospital para atender eleitores que se aglomeravam para vê-lo, colocando em risco os funcionários que tiveram que acompanha-lo e estão em quarentena, foi duramente criticado pelo médico que o tratou “uma loucura” disse o doutor James Phillip.

Ao anunciar a saída Trump ainda ridicularizou a doença que já matou 210 mil pessoas e infectou mais de 7,5 millhões, dizendo “…Não temam a COVID-19. Não deixe isso dominar sua vida. Nós desenvolvemos, sob a administração Trump, medicamentos e conhecimento realmente bons. Me sinto melhor do que 20 anos atrás!

Sem citar, é claro, que ele teve tratamento de luxo com direito a toda uma equipe dedicada e todo o tipo de medicamento e tratamento necessário, situação muito diferente da população em geral, principalmente para os quase 50 milhões de desempregados.

 

Walter Reed Medical Center, hospital militar onde Trump foi tratado.
Equipe médica responsável pelo tratamento do presidente.
Send this to a friend