Paraíba
Ônibus que levava trabalhadores dos Correios e companheiros do PCO foi impedido de seguir a viagem
bus
Ônibus impedido pela PRF retorna à João Pessoa | Foto: Diário Causa Operária
bus
Ônibus impedido pela PRF retorna à João Pessoa | Foto: Diário Causa Operária

Na madrugada desta quinta-feira (17), militantes do Partido da Causa Operária e trabalhadores dos Correios foram surpreendidos com a ação criminosa e arbitrária da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os ativistas estavam haviam saído de João Pessoa e dirigiam-se à cidade de Coremas, no sertão paraibano, onde fariam um ato pelo Fora Bolsonaro. O presidente ilegítimo estava previsto para chegar a Coremas às 9h para participar de uma inauguração pública.

Quando o ônibus chegou na entrada de Sapé, a cerca de 60km de João Pessoa, uma unidade da PRF impediu o prosseguimento da viagem. Obviamente, os agentes receberam ordens expressas para impedir que ônibus com destino a Coremas pudessem passar. A documentação do veículo estava, toda ela, regular, mas, mesmo assim, a Polícia Rodoviária Federal não permitiu que o ônibus continuasse o trajeto.

De maneira completamente arbitrária, a PRF apreendeu os documentos do ônibus e alegou que os passageiros deveriam descer do veículo para que esse fosse rebocado ou retornar escoltados para João Pessoa, sem a possibilidade de qualquer mudança no trajeto. No fim das contas, o ônibus acabou retornando a João Pessoa.

Mesmo com a arbitrariedade, os militantes não desistiram de fazer o ato. Os cerca de 30 manifestantes alugaram carros pequenos e foram até Coremas. Por volta das 9h de hoje (17), já haviam chegado ao local. Neste momento, está acontecendo o ato pelo Fora Bolsonaro.

Relacionadas
Send this to a friend