Após comprovação de fraude na prisão de Lula, Bolsonaro condecora Sérgio Moro
antcrz_abr_11061916829df
Após comprovação de fraude na prisão de Lula, Bolsonaro condecora Sérgio Moro
antcrz_abr_11061916829df

Da redação – Hoje (11), Jair Bolsonaro se reuniu com seu ministro da Justiça, Sérgio Moro, no Palácio da Alvorada. Moro é comprovadamente culpado pelo crime de ter conspirado junto com os procuradores para condenar Lula no processo do triplex, quando ele ainda era juiz de 1ª instância.

Foi o primeiro encontro entre os dois após o vazamento das informações que comprovam o crime de Moro. Em seguida, os dois foram de lancha para um evento da Marinha, onde Moro foi condecorado com a medalha da Ordem do Mérito Naval.

Ontem (10), Bolsonaro reafirmou seu apoio ao processo fraudulento que colocou Lula na cadeia, afirmando “nós confiamos irrestritamente no ministro Moro”.

Bolsonaro, mais uma vez, reafirma sua defesa da fraude eleitoral. Moro prendeu Lula de forma ilegal e conspiratória e impediu-o de concorrer nas eleições, levando à vitória do presidente golpista. Por isso, defender Moro é uma questão de sobrevivência para o governo.

A posição da Marinha demonstra, novamente, o total alinhamento das forças armadas com o golpe de estado.