Após anunciar funcionário do imperialismo para presidir Petrobras, Bolsonaro diz que empresa pode ser privatizada

Candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro

Da redação – Bolsonaro acaba de anunciar que “parte” Petrobras pode ser privatizada. Obviamente, o fato de ter falado que apenas parte poderia ser privatizada é para amenizar a proposta extremamente anti-popular de entregar a maior empresa do Brasil, motor da economia nacional, para os capitalistas estrangeiros.

Além disso, Bolsonaro ainda afirmou que está dando carta branca a Paulo Guedes, ministro da Economia, que é funcionário do imperialismo norte-americano, que tem interesse em privatizar a Petrobras e roubar os recursos brasileiros:

“[Castello Branco] é uma indicação do Paulo Guedes. Eu estou dando carta branca a ele. Tudo que é envolvido com economia é ele que está escalando o time. Eu só, obviamente, e ele sabe disso, estamos cobrando produtividade. Enxugar a máquina e buscar, realmente, fazê-la funcionar para o bem-estar da nossa população”

Por isso, é preciso fortalecer a campanha contra o golpe e contra Bolsonaro. Assim como o golpista Temer, o governo de Bolsonaro é totalmente ilegítimo – fruto de uma fraude eleitoral.

Fora Bolsonaro e todos os golpistas!
Abaixo a fraude eleitoral!
Liberdade para Lula e todos os presos políticos!