Após anos sabotando e conspirando para roubar Alcântara, EUA irão receber esse presente de seu capacho

Instalações do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão.

Em mais uma ação que denota que o governo golpista de Jair Bolsonaro é capacho do imperialismo, está na conspiração alinhada ao governo norte-americano pela entrega da Base de Alcântara. Assim como fora denunciado as negociações corriam em segredo, portanto, de fato uma conspiração no que diz respeito a base militar. Houve anúncio acerca disso em janeiro, mas evidentemente já corria muito antes do mesmo.

Alguns destaques importantes do então acordo entreguista, discorrem claramente como o país estaria subjugado aos comandos dos EUA com relação a certas ações realizadas na base. Um dos trechos do acordo afirma “não permitirá o ingresso significativo, qualitativa ou quantitativamente, de equipamentos, tecnologia, mão-de-obra, ou recursos financeiros, no Centro de Lançamentos de Alcântara, provenientes de países que não sejam Parceiros (membros) do Regime de Controle de Tecnologia de Mísseis, exceto se de outro modo acordado entre as partes” ou seja, é um estreito alinhamento ao imperialismo.

O interesse dos EUA com a Alcântara é muito claro, buscam instalar uma base militar norte-americana no país para justamente ter um maior controle do país, exercendo sua soberania em detrimento do esmagamento da que deveria existir no país. Esse fato se confirma, quando é mostrado na prática que os mesmos não necessitam de instalações para lançamentos ou algo relacionado, deixando claro que o objetivo é estar presente no máximo de países exercendo domínio sobre eles, isso se demonstra pelas inúmeras bases militares que o país tem pelo mundo a fora e que finalmente são pontos estratégicos para o imperialismo intervir.

No Brasil, não é diferente , a base de Alcântara tem localização crucial para o imperialismo norte-americano em sua política de ataca na América do Sul. Depois de anos e sabotagem à base, o imperialismo encontrou um capacho que pudesse entregar a base e a soberania nacional de bom grado, esse é o caráter primeiro do fantoche da extrema-direita que foi eleito pela fraude eleitoral. É preciso levantar a palavra de ordem em defesa do soberania nacional, e para isso é preciso chamar o Fora Bolsonaro e todos os golpistas.