Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
e5ebb8f380675fc2a9f3bd637b47c721
|

Em mais uma provocação do imperialismo, a seleção de futebol da Argentina irá realizar, no próximo sábado (9), um amistoso de preparação para a Copa do Mundo contra a seleção de Israel em Jerusalém. A medida está de pleno acordo com a política direitista do governo Macri, que segue açoitando as costas dos trabalhadores argentinos em mais uma rodada de destruição neoliberal, ao mesmo tempo em que serve de capacho dos imperialistas em questões internacionais.

A política golpista de Macri a favor do imperialismo, inclusive, já tinha se manifestado na ocasião da transferência da embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém, fato que foi duramente condenado pelo povo palestino e todas as organizações populares e de esquerda pelo mundo, mas obteve o apoio do direitista argentino e demais servos da política imperialista.

O jogo, obviamente, será usado como propaganda de Israel para promover o domínio de Jerusalém pelos sionistas, atitude ilegal e que sofreu críticas até mesmo da ONU.

A Liga Árabe e a Federação de Futebol Palestina condenaram duramente a realização do amistoso. O presidente da entidade palestina, Jibril Rajoub, inclusive fez um apelo para que Messi, maior astro do futebol argentino e ídolo esportivo de milhares de árabes e muçulmanos, não compareça ao jogo.

As entidades ainda cogitam realizar uma manifestação em frente ao hotel da Seleção Argentina, em Ramala, pedindo o adiamento do jogo em respeito ao povo palestino, que é duramente massacrado pelas forças militares israelenses na Faixa de Gaza e na Cisjordânia.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas