Apoio a torturador: Bolsonaro exonera todos os peritos de Mecanismo de Combate à Tortura

torturagoias

Da redação – Com decreto (9.831) publicado hoje (11), Bolsonaro exonerou todos os peritos do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT), responsável por investigar violações de direitos humanos em locais como penitenciárias, hospitais psiquiátricos, abrigos de idosos, dentre outros.

Bolsonaro ainda afirmou que todos os peritos deverão ser nomeados por ele, e afirmou que os novos contratados não irão receber salário.

Bolsonaro já havia sucateado o trabalho do MNPCT, impedindo a investigação sobre casos de violação de direitos humanos nas penitenciárias ou impedido que presos com HIV tivessem acesso a atendimento médico e visita de familiares, por exemplo.

Apesar destas investigações quase nunca serem levadas adiante pelas instituições burguesas, a medida de Bolsonaro é um claro apoio à tortura, para impedir investigações e colocar capacho de torturados no órgão.

O próprio presidente afirmou ser favorável à tortura, quando deputado federal.