Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

O golpe de Estado de 2016, apesar de ter sido dado com a justificativa de que o Brasil precisava ser “passado a limpo”, não trouxe absolutamente nada de bom para os trabalhadores. O massacre que o imperialismo pretende realizar, na verdade, só causará cada vez mais desastres no dia a dia da população.

Contudo, o fato de que uma série de desgraças tem acontecido no Brasil pós-golpe não passaria, para a imprensa golpista, de mera coincidência. Assim, as cheias no Nordeste em 2017 não teriam nada a ver com o fato de que os golpistas aprovaram o congelamento de verbas durante 20 anos. O assassinato de Marielle, por sua vez, dias após de denunciar a Polícia Militar, também seria uma infeliz coincidência.

Obviamente, não se pode acreditar que, de dois anos para cá, o País passou a receber castigos divinos. Todas as tragédias, até mesmo as que não têm uma ligação tão aparente com o governo golpista, foram causadas – ou, pelo menos, intensificadas por causa dos planos do imperialismo para a destruição da América Latina.

O apagão de ontem, que atingiu as regiões Norte e Nordeste, foi um exemplo claro de que não existe nenhuma “teoria da conspiração” em relação ao golpe – existe, sim, uma verdadeira conspiração do imperialismo contra as forças produtivas. Segundo o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE), a responsável pelo apagão desta semana foi a empresa chinesa State Grid. Não por acaso, a empresa é a grande interessada na privatização da Eletrobras.

O boicote às empresas nacionais vêm acontecendo frequentemente após o golpe. Afinal, os golpistas querem vender todo o patrimônio brasileiro. Por isso, é necessário que os trabalhadores e a classe trabalhadora se mobilizem contra o golpe de Estado, confrontando diretamente os golpistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas