Curitiba
Dirigente do PCO também criticou candidatos que usaram a imagem de Lula para ganhar votos e hoje não apareram no ato em Curitiba
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
WhatsApp Image 2019-10-27 at 13.13.49
Foto: Thiago Macambira |

Da redação – Milhares de pessoas estão hoje em Curitiba para um grande ato nacional em defesa da liberdade do ex-presidente Lula, preso político há 568 dias, condenado sem provas pelo ex-juiz Sérgio Moro. A pauta de liberdade para Lula tornou-se central na luta contra o golpe para derrotar a direita golpista. Pela centralidade da reivindicação, o PCO tem concentrado seus esforços para impulsionar uma grande campanha nacional em torno dessa questão.

Neste momento, milhares de pessoas participam das atividades do ato em Curitiba. Durante as falas no ato no final da manhã, Antônio Carlos Silva, dirigente do PCO, fez uma série de considerações sobre o ato de hoje em seu discurso. Em primeiro lugar, Antônio Carlos, professor da rede estadual de São Paulo, destacou a importância de se fazer o ato onde Lula está: “o aniversário de uma pessoa tem que ser comemorado onde ela está”.

E continuou lembrando do oportunismo de parlamentares que usaram a imagem de Lula para se eleger mas agora não se apresentam para defender sua liberdade: “aquele pessoal que tirou foto na eleição dizendo que era candidato do Lula, que se elegeu às custas do prestígio do Lula, tinha que estar aqui hoje”.

Antônio Carlos também recordou o panorama internacional para analisar as perspectivas de luta daqui pra frente: “ninguém esperou voto do STF para enfrentar o Piñera no Chile”, disse o dirigente. Concluindo que no Brasil a política também não deve ser esperar pelas instituições: “o caminho para libertar o Lula não é esperar o STF”.

Confira abaixo a íntegra da fala de Antônio Carlos na manhã de hoje no ato nacional em Curitiba pela liberdade de Lula:

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas