Anonymous revela rede criada pelo Reino Unido para espionar países da Europa

union-jack-flag-united-kingdom-wallpaper

Da redação – O grupo de hackers Anonymous revelou documentos que mostram a organização de uma operação secreta do Reino Unido montada para espionar países europeus.

Londres criou um serviço secreto para atuar nas embaixadas britânicas em diversos países, como Alemanha, Itália, Espanha, França, Holanda, Grécia, Noruega, Lituânia, Sérvia e Montenegro.

A operação tem ocorrido através da ONG de fachada chamada Iniciativa Integrada, criada com a desculpa de conter o avanço da suposta ameaça russa.

O principal papel da ONG até o momento foi impedir a nomeação do coronel Pedro Baños para a direção do serviço de Segurança Nacional da Espanha. Ele teria posições pró Rússia e a campanha do braço espanhol da ONG foi fundamental para que não assumisse o posto. Esse foi ato claro de interferência nos assuntos de outro estado por parte do imperialismo britânico.

Segundo a agência Sputnik News, o orçamento anual da ONG britânica é de 2,4 bilhões e a maior parte da quantia é destinada ao pagamento de políticos, jornalistas, militares, cientistas e acadêmicos que inventem casos de interferência russa em outros países.

Este é mais um caso que comprova a hipocrisia dos países imperialistas, que violam a soberania de outros países e acusam de maneira inventada países inimigos do imperialismo de fazerem essas mesmas interferências.