Análise desnuda a situação
A mais tradicional análise política do país, abordou neste sábado (01) temas essenciais que trazem desafios e horizontes de luta para a classe operária, colocados de forma objetiva
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Análise política da semana - 01-08-20
Análise Política da Semana, apresentada Ao Vivo desde 2012. | Foto por: arquivo DCO.

A tradicional Análise Política da Semana deste sábado, 1º de agosto, apresentada pelo presidente nacional do PCO Rui Costa Pimenta, trouxe importantes esclarecimentos sobre os principais temas da semana que são de interesse da classe trabalhadora.

Incialmente foi destacada a campanha internacional de denúncia, apoio e solidariedade contra o ataque hacker sofrido pelo Diário da Causa Operária (DCO) no último dia 18, para a qual várias personalidades e grupos políticos contribuíram com seu apoio. Rui Costa Pimenta destacou que o ataque fascista contra um dos principais veículos da imprensa operária brasileira não será minimizado e todas as medidas para encontrar os culpados serão tomadas e reforça o chamado a toda a esquerda a registrar seu repúdio ao ato criminoso e apoio ao DCO.

Foi citada também a continuidade da política golpista na América Latina, com destaque para o novo ataque ao ex-presidente do Equador, Rafael Correa, o qual é vítima de uma perseguição e teve seu partido cassado das eleições e nova condenação para que não participasse do pleito, bem como a situação na Bolívia em que a direita golpista suspendeu novamente as eleições legalmente previstas, para evitar uma possível vitória do partido de Evo Morales, causando manifestações populares.

A situação foi levantada para mostrar que a onda golpista tanto no continente, assim como no Brasil, não foi um episódio isolado, mas sim encontra-se em pleno curso e em evolução, com claros objetivos de evitar o retorno dos anteriores governos nacionalistas de características populares. O detalhamento serve para desnudar a política da Frente Ampla, tocada por setores da esquerda pequeno-burguesa como via eleitoral para uma suposta luta contra o Bolsonarismo, o que tem, na verdade, um efeito contrário, o de mantê-lo no poder.

A análise perpassa ainda por uma polêmica com o presidente do PSOL, Valério Arcary, que publicou um artigo tachando o PCO de sectário por denunciar a política de colaboração com a direita tocada por Guilherme Boulos e sua chapa eleitoral, além de outros temas levantados durante o debate com os espectadores, que permitiu citar a posição do PCB em décadas anteriores, uma proposta de união da imprensa progressista, a questão da imprensa operária, entre outros assuntos.

Confira a análise na íntegra abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=TnqYzRsEdQI

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas