Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Na última sexta-feira, dia 16, o companheiro Rui Costa, estreiou o programa “Analise Internacional”, falando sobre as eleições na Itália e o avanço dos facismos por uma Europa dominada pela crise neoliberal.

A Itália é o “calcanhar de aquiles” das economias imperialista. Não estranho é que ela é berço do facismo europeu (já tinha um governo facista 11 anos antes da Alemanha). A questão é que ela tem forte influência da política do restante da Europa, por isso, a escalada da extrema direita em seu território pode influenciar a política do restante dos países imperialistas.

Com a ausência de uma esquerda revolucionária, restam as “esquerdas pequeno-burguesas” que visam a eleição mais do que qualquer linha coerente de ação popular. Devido ao cunho eleitoral, pois, elas temem o questionamento frontal sobre as afirmações da mídia burguesa. Dessa forma, para não “perder eleitores”, acabam proferindo o mesmo discurso da burguesia pintado de ‘verniz vermelho.

Essa atitude,  faz dessas esquerdas, partidos reacionários com tendências à extrema direita quando a polarização política “direita-esquerda” das épocas de crise ocorrem.  “Por visar o sistema eleitoral buguês, essas esquedas têm atitudes burguesas”. O mesmo ocorre no Brasil, com o PSTU, por exemplo.

Nessa situação, o que resta é esperar a reação do proletário. Muito além dos partidos de esquerda, é a força popular quem tem o poder histórico de pressionar a política para atitudes sociais.

Aqui você vê o programa na íntegra.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas