Declínio do imperialismo
Leia aqui a resenha do programa Análise Internacional, com o companheiro e presidente do PCO Rui Costa Pimenta, onde ele analisa os principais aspectos da crise do imperialismo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
analiseinternacional-o3we02cl3chgr72t4mlco1d3udu805zbv4h6ac13j4
Banner do programa | Foto: Arquivo COtv/DCO

Ontem (13/11) ocorreu a tradicional Análise Internacional no sinal 24 horas da Causa Operária TV, com retransmissão na TV 247, que ocorre toda sexta-feira às 14h00 com o companheiro e presidente nacional do Partido da Causa Operária. O tema da semana foi a crise nas eleições nos EUA, em que Rui Costa Pimenta analisa os grandes aspectos políticos do problema das eleições norte-americana. O programa teve como título “EUA: a grande mistificação”, sendo sua parte dois. 

O tema foi escolhido porque o país determina em uma grande medida a situação internacional. Primeiramente, Rui analisa a ilusão de que Biden derrotou o fascismo.  Que é a propaganda da imprensa burguesa que Biden seria um democrático, contra o “demônio” Trump. Referendar essa concepção gera consequências graves, pois desarticula o movimento operário rumo ao socialismo; é algo de desastroso. A primeira observação feita por Rui Costa Pimenta, é que uma minoria de órgãos da imprensa de esquerda e progressista colocam que Biden é um agente imperialista e foi vice do Obama. E apenas isso, o que é uma consideração imprecisa e superficial sobre o que Biden representa.   

Um homem da guerra e do neoliberalismo 

Biden é uma das figuras mais antigas da política norte-americana e teve destaque no aparato estatal como um articulador das questões mais essenciais, uma peça chave na condução da política imperialista. Durante o governo Bush atuou na política conhecida como bipartidária, onde os dois partidos imperialistas dos EUA colaboram para impulsionar uma política neoliberal em todos os países do planeta, um exemplo claro é a destruição do Iraque, onde Joe foi um dos principais articuladores. 

Biden: o “democrata” que impulsa o fascismo 

Essa política neoliberal deu lugar a uma onda de extrema-direita, de maneira lógica; e não espontânea como se costuma pensar. O imperialismo  impulsiona a extrema-direita fascista em vários países, como o exemplo claro da Ucrânia em 2014. No governo Obama, que era uma figura de segunda linha, improvisada, um adorno, a base do partido Democrata era contra a política bipartidária de impulsionar o neoliberalismo, o que gerou uma crise sobre  Hilary Clynton. Obama, um carreirista do Partido Democrata, foi colocado no improviso e Biden como seu vice, ele pois tem controle político para colocar a política neoliberal e militar do estado imperialista norte-americano em prática. 

“Ele era o eixo, o pivô da articulação dessa política. Como no Iraque, na Síria. Foi toda articulada por ele. Ele é um homem de confiança, profundamente integrado, ao chamado complexo industrial- militar. Que a gente poderia dizer que é um bloco político, não apenas econômico. Capitalistas, banqueiros, industriais, militares e políticos. Um grande bloco que são responsáveis pelo que há de essencial na política imperialista. Ele é um homem de confiança desse bloco. Mais ele do que a Hilary. Ele coordenou toda política externa do Obama, dando continuidade a essa política do Reagan, Bush pai e os Clinton.” 

Kamala Harris: a capita do mato na Casa Branca 

Harris é um caso típico de propaganda enganosa. A vice de Biden tem a mesma política que ele. A campanha dela nas primárias foi financiada pela indústria militar, aponta Rui Costa Pimenta. Uma pessoa ligada ao complexo militar-indústria, também. 

Ela era promotora, antes de se lançar como senadora e agora como vice-presidente. Há inúmeras denúncias de arbitrariedades com pessoas pobres, era uma promotora severa e tipicamente fascista; encarceramentos em massa e corredores da morte eram seus assuntos preferidos. “Uma agente da máquina de guerra norte-americana”, diz Rui. Já no Caso Subprime, ela também foi promotora. Mas com a burguesia, ela lutou para sair ilesa e deixar impune um golpe em milhares de clientes dado pela empresa.  

Rui comenta a hipótese que Biden pode morrer, devido a velhice ou ficar incapacitado de continuar no cargo, onde ela assumiria o governo. 

Indentitarismo ou “como defender o imperialismo” 

Angela Davis, uma das principais porte vozes da política indentitária, comemora a vitória de Harris

Kamala revela todo conteúdo contrarrevolucionário da política identitária. Já que  é “negra” e “filha de imigrante”, existe muitos setores de esquerda que a defendem com unhas e dentes. A suposta “defesa” do negro e da mulher, nesses termos, apenas ilude uma parcela da população. Você faz campanha que o imperialismo não tem nada a ver com a história, e coloca o Obama que faz as mesmas atrocidades. Não deve ser confundida com a luta do negro e da mulher, é uma forma direitista, burguesa, que atrai um setor da classe média e cria esse clima de apoio a burguesia. A esquerda não deve ficar subordinada em uma política direitista e imperialista como essa. 

 

Primeiras medidas de Biden: uma política integra do imperialismo 

Ron Klain, um dos principais braços do imperialismo na África, foi escolhido para participar do governo. (Photo by MARK WILSON / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)

Biden começou a montar o governo em meio ao impasse e já age como presidente dos EUA. Entre essas pessoas, mais da metade são sujeitos ligados a indústria militar norte-americana. “Quando falamos que ele é um homem da guerra, parece prognóstico. Mas na medida em que ele faz as coisas, fica claro que é uma realidade”, diz Rui. Em entrevista, ele foi questionado que se alguém aprovasse um projeto no congresso de saúde pública se ele vetaria. Ele tinha a oportunidade de ser malandro, sair pela tangente. E respondeu de pronto que não, mostrando que toda demagogia com a saúde era apenas… demagogia. Biden já insinuava que não era à esquerda que iria governar, mas ele. Os interesses do imperialismo irão preponderar. 

Situação da esquerda norte-americana 

A esquerda norte-americana dentro do Partido Democrata tem um cárter pseudodemocrático e conservador. Tem uma reinvindicação, atendimento médico gratuito. Consta que mais da metade do Partido Democrata foi eleito no Congresso devido a essa demagogia. A esquerda cobra de Biden que ele atue como esquerda, com as colocações bastante duras. Alexandria Ocasio-Cortez ameaçou Biden de rompimento com o governo, se ele não colocar pessoas de esquerda e progressistas dentro de postos-chaves da Casa Branca. 

 A esquerda tem consideração que Biden só se elegeu pela esquerda. A direita fala o contrário, que a atuação foi ruim por causa do apoio da esquerda. De qualquer forma, os democratas se saíram muito mal. A esquerda procura refletir de maneira moderada as reinvindicações da população, como por exemplo saúde pública, aumento de salário e diminuição de financiamento da polícia – que é inócuo. Sanders se colocou como Ministro do Trabalho, disse que aceita. É negativo um bibelô para enfeitar um governo imperialista. A esquerda do Partido Democrata pode se integrar, mas pode também romper com muita facilidade.  

“Essa situação no Partido Democrata não é nem acidental, nem relativa à maneira que foi a eleição. A eleição não poderia mudar isso. Mas apenas reflete uma situação que vem progredindo há tempos que, do ponto de vista da burguesia, é a tendência da completa decomposição do aparelho governante no país. Os políticos tradicionais do Partido Democrata foram colocados para escanteio pela direita do partido. E o Trump tem um controle total do Partido Republicano, que está sendo substituído por setores direitistas que não são tradicionais do regime. Isso acabou no Partido Republicano. E no Partido Democrata isso está avançando” 

A Ilusão popular no Partido Democrata é sua base esquerdista, pois a cúpula direitista se choca com a população. Mas as massas não encontram expressão real dentro do partido. Há uma forte polarização que vai além dos democratas. Tende a se transformar em um movimento que escapa de um controle do Partido Democrata. Pra isso é necessário um Partido de esquerda que fosse independente desse partido do imperialismo, um partido dos trabalhadores. 

Uma eleição em que o voto vai além de Trump vs Biden 

A votação vai além das duas figuras que concorreram. Trump expressa a insatisfação do eleitorado, quase 50 por cento da própria população, isso envolve uma insatisfação da classe média, dos trabalhadores e da própria burguesia que quiseram mudar as coisas com Trump, que viram que é algo difícil de fazer. A esquerda tem a ilusão de que mais da metade dos EUA seria fascista, o que é erro crasso. 

Trump enfrentou uma oposição burguesia imperialista; um fato marcante foi o Russiagate, que quase se desenvolveu em um golpe de Estado contra Trump. Contra a política de guerra, neoliberalismo e a degradação da vida social, se votou em Trump. Biden representou a “esquerda”, mas é sem apoio real, não tem popularidade, é visto como uma pessoa que eles gostariam de eliminar, responsável pela situação em que o próprio Trump aparece como um vetor de insatisfação social.  

O prognostico é que o governo vai enfrentar uma resistência muito grande, vai procurar retomar uma série de política repressiva, de guerra, neoliberal. “O cenário que se desenha é de crise”, Rui, por último, referiu-se ao suposto “pessimismo” do PCO:

“A nossa colocação não é pessimista. É otimista, a crise vai se aprofundar e a população vai intervir. O que não fazemos é alimentar uma ilusão absurda de festejar um grupo político, que tem Biden, Kamala, Bush, Clynton, que são os piores genocidas do mundo inteiro”  

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas