AM: latifundiários invadem terra indígena e ameaçam as famílias
show_dasdasaa_EBBAAABC-47C0-4B7B-A97B-45CE8EBD930C-300x195
AM: latifundiários invadem terra indígena e ameaçam as famílias
show_dasdasaa_EBBAAABC-47C0-4B7B-A97B-45CE8EBD930C-300x195

Um grupo de empresários e fazendeiros assassinos invadiu e ameaçou colocar abaixo uma comunidade inteira de índios no interior do Amazonas. O caos em questão aconteceu no último sábado, dia 16 de agosto, no território indígena Mura, localizado à 120 quilômetros de Manaus.

O grupo de criminosos invadiu a aldeia munidos de motosserras e machados, ameaçando destruir as casas e as escolas. Os empresários reivindicam de maneira ilegal a posse das terras, sendo que desde 2009 a justiça já havia concedido a posse das terras aos indígenas.

De acordo com os moradores da comunidade, o empresário tido como chefe do grupo é conhecido por dirigir um esquema de venda e compra de terrenos na aldeia Piranha.

O massacre aos povos indígenas é generalizado. É parte da política da extrema-direita golpista, de todos os golpistas. É necessário organizar comitês de autodefesa em todas as comunidades para reagir à altura aos ataques da direita e seus lacaios.