Política de descaso dos capitalistas: alojamento do centro de treinamento do Flamengo pega fogo e deixa 10 mortos!
2019-02-08t111254z_880310886_rc15d81a7bc0_rtrmadp_3_soccer-brazil-fire
Política de descaso dos capitalistas: alojamento do centro de treinamento do Flamengo pega fogo e deixa 10 mortos!
2019-02-08t111254z_880310886_rc15d81a7bc0_rtrmadp_3_soccer-brazil-fire

Na madrugada desta sexta-feira (dia 08/02), um incêndio atingiu o centro de treinamento do Flamengo, conhecido como “Ninho do Urubu”, em Vargem Grande, bairro da região da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ). A primeira ligação para o Corpo de Bombeiros foi efetuada às 5 horas e 17 minutos e integrantes de dois batalhões foram levados ao local para controlar o incêndio.

Até o momento, o incidente deixou 10 mortos e 3 feridos, um deles em estado grave. Entre os mortos, estão 6 jogadores da categoria de base do Flamengo e 4 funcionários do clube.

Após uma reunião na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), foi decidido que a rodada do Campeonato Carioca deste final de semana, entre Flamengo e Fluminense (sábado, dia 9) e Vasco e Resende (domingo, dia 10), estão canceladas.

O Diário Causa Operária manifesta a sua solidariedade aos parentes e amigos das vítimas desta terrível tragédia. Ao mesmo tempo, vem alertar sobre a necessidade de denunciar e combater a política da direita golpista, que é baseada na retirada dos direitos dos trabalhadores, para garantir o lucro dos grandes capitalistas. Mesmo que, para isso, seja necessário cortar investimentos em infraestrutura e prevenção de desastres, que ocasionou o incêndio no centro de treinamento.

Esta é a política representada pelo presidente ilegítimo, Jair Bolsonaro. Nos primeiros 30 dias de sua gestão, aconteceram a tragédia de Brumadinho, a tragédia com as chuvas no Rio de Janeiro, e hoje é a tragédia no Ninho do Urubu. Se esse governo não for combatido, a tendência é mais tragédias desse tipo ocorrerem.

Que seja feita uma clara apuração sobre o ocorrido no centro de treinamento do Flamengo, e que as famílias vítimas desta tragédia recebam a assistência que elas merecem neste duro momento para elas.