Aliado de Alckmin: Fernando Capez é indiciado como líder da mafia da merenda

capez

O governo do PSDB em São Paulo, que já dura 20 anos, é um constante atentado à sobrevivência dos trabalhadores. Com uma Polícia Militar que é uma verdadeira máquina de matar, superior em quantidade de membros ao Exército argentino, entre tantas outras demonstrações de menosprezo pela população, os tucanos vêm levando uma política de verdadeiro massacre dos trabalhadores paulistas.

Recentemente, as investigações sobre a máfia da merenda apontou que Fernando Capez seria o principal articulador dessa operação criminosa contra os estudantes de São Paulo. Filiado ao PSDB, Capez já foi presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e é aliado do ex-governador Geraldo Alckmin, hoje pré-candidato à presidência da República.

A máfia da merenda é um exemplo de até onde vai a falta de escrúpulos dos golpistas que vêm administrando o Estado de São Paulo há duas décadas. Além das práticas abertamente fascistas, como o tratamento aos moradores de rua e os pichadores, os tucanos demonstraram que até mesmo as crianças merecem ser tratadas como lixo.

Os golpistas não têm a menor consideração pelos interesses da população. Por isso, é necessário realizar uma intensa mobilização contra o golpe, organizada em comitês de luta por todo o país. É preciso que os trabalhadores fortaleçam sua organização e sejam capazes de enfrentar a burguesia.