COVID-19
Instituto alemão reclama de falta de dados claros sobre essa faixa etária
robert koch
Instituto Robert Koch | Foto: Reprodução
robert koch
Instituto Robert Koch | Foto: Reprodução

A principal agência de saúde pública da Alemanha, o Instituto Robert Koch (RKI), recomendou que a vacina produzida pela Oxford/AstraZeneca não seja aplicada em maiores de 65 anos. Embora o Instituto não tenha apresentado nenhum efeito nocivo da vacina, a agência de saúde alega falta de dados suficientes sobre o efeito do produto nessa faixa etária. No Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) apontou que ainda há poucos dados sobre a eficácia do imunizante em idosos, mas autorizou a produção de 2 milhões de doses. Ao autorizar a produção da CoronaVac, principal vacina produzida no País, a Anvisa fez uma ressalva semelhante.

Relacionadas
Send this to a friend