Siga o DCO nas redes sociais

Oktober Fest
Alemanha rebaixada se salva no tapetão e desmascara “exemplo europeu”
Campeões do Mundo escaparam da segundona
goncalo_guedes_portugal_
Oktober Fest
Alemanha rebaixada se salva no tapetão e desmascara “exemplo europeu”
Campeões do Mundo escaparam da segundona
Gonçalo e Guedes, da Seleção de Futebol de Portugal, campeã do primeiro torneio.
goncalo_guedes_portugal_
Gonçalo e Guedes, da Seleção de Futebol de Portugal, campeã do primeiro torneio.

A UEFA deve expandir o número de partidas disputadas na Liga das Nações, anunciou nesta terça-feira a entidade dirigente do futebol europeu e alegou que o motivo foi o sucesso da edição inaugural da competição internacional.

As mudanças, reveladas na reunião do Comitê Executivo da UEFA em Liubliana, capital da Eslovênia, significam que a Liga A, atualmente com as 12 principais nações do continente, contará com 16 nações em quatro grupos de quatro quando o próximo torneio começar no outono de 2020.

Isso significa mais jogos para cada equipe envolvida e também garante que a Alemanha seja salva do rebaixamento para a segunda divisão da Liga B. Os vencedores da Copa do Mundo de 2014 terminaram na parte inferior de sua seção e foram rebaixados junto com a Croácia, a Islândia e a Polônia.

Fica evidente que a crença de que as maracutaias e corrupção são coisas que só acontecem no Brasil e que o futebol europeu deveria ser exemplo é pura propaganda imperialista.

A “poderosa Alemanha” acaba de ser desmascarada. Aquela seleção foi apresentada como modelo de futebol, mas foi desclassificada na primeira fase da última Copa, na França (tendo sido campeã na anterior, no Brasil) perdendo pra Coreia do Sul!! Então, foi rebaixada da Liga das Nações (na primeira edição desse torneio que foi criado para os europeus evitarem jogar contra os sul-americanos).

A mudança nas negras do torneio, para o ano que vem, também significa que haverá 16 equipes nas Ligas B e C, com os sete países europeus restantes na Liga D.

A edição inaugural foi vencida por Portugal, que sediou as etapas finais de uma competição que gerou 500 milhões de euros (551 milhões de dólares) para a UEFA. Jogar mais partidas na próxima edição da Liga das Nações garantirá receitas ainda maiores e também terá o efeito de reduzir ainda mais o número de partidas amistosas, preenchendo os espaços restantes no calendário lotado.

O sorteio para a próxima Liga das Nações será realizado em Amsterdã, Holanda, em 3 de março do próximo ano.