Aldo Rebelo, do golpista Solidariedade, é vaiado em Curitiba

Aldo Rebelo.

Bem que ele tentou, mas o pré-candidato à presidência pelo Solidariedade, Aldo Rebelo, ex-PCdoB, não conseguiu falar no palanque do ato de 1º de Maio em Curitiba.

Quando ele foi chamado ao palco, as milhares de pessoas presentes fizeram muito bem e começou uma salva de vaias até que o golpista tivesse que desistir de falar.

O partido Solidariedade, de Paulinho da Força, foi um dos principais articuladores do golpe de Estado que derrubou Dilma Rousseff. Aldo Rebelo, que até bem pouco tempo foi dirigente do PCdoB, tentou engrupir o povo que estava no ato mas não conseguiu. Todo mundo sabe quem é golpista.