Conquista da luta indígena
Suspensão se deu com base em uma decisão do STF de que todas as reintegrações de posse contra indígenas devem ser suspensas durante a pandemia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
aldeia_novos_guerreiros
Índios Pataxó na Aldeia Novos Guerreiros | Foto: Reprodução

A aldeia Novos Guerreiros, de indígenas da etnia Pataxó, teve sua reintegração de posse suspensa pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). A aldeia se encontra na terra indígena em processo de demarcação Ponta Grande, que fica entre os municípios de Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, no sul da Bahia.

A reintegração foi suspensa com base em uma decisão do STF, que suspendeu as reintegrações de posse contra os indígenas durante o período da Covid-19.

Essa suspensão das reintegrações se deu, naturalmente, por conta da mobilização de certas comunidades indígenas, que protestaram contra as reintegrações, fechando estradas e se manifestando, mostrando que esse é o caminho para impedir os ataques da direita contra a população.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas