Crise afeta trabalhadores
O grupo Air France anunciou nesta sexta-feira (03) que irá demitir mais de 7.500 trabalhadores na companhia aérea Air France e também em sua filial Hop!, até o final de 2022.
xairf.jpg.pagespeed.ic.fmNQDwOodF (1)
Grupo Air France irá demitir mais de 7.500 funcionários. | Foto: Charles Platiau/REUTERS

O grupo Air France anunciou nesta sexta-feira (03) que irá demitir mais de 7.500 trabalhadores na companhia aérea Air France e também em uma filial regional chamada Hop!, até o final de 2022. Segundo o grupo, as demissões seriam devido a crise intensificada pela pandemia do Coronavírus. Serão 6.560 funcionários permanentes da Air France e 1.020 na filial Hop!, totalizando 7.580 trabalhadores demitidos.

Mesmo com o auxílio de mais de 7 bilhões de euros concedido pelo governo francês, e mais 3,4 bilhões aprovados pelo governo holandês á KML, o grupo Air France-KML afirma que as demissões seriam para a adaptação a um mercado que ainda não tem previsões de voltar a sua normalidade pré pandemia, enquanto isso trabalhadores ficarão sem emprego e sem perspectiva de renda em meio a crise e que segundo analistas deve ser a maior dos últimos anos tanto para a Europa quanto para o resto do mundo, ou seja, mais uma vez os trabalhadores deverão pagar pela crise capitalista com demissões e reduções de salário.

Relacionadas