Luis Almagro, serviçal dos EUA, é expulso da Frente Ampla do Uruguai

Rex_Tillerson_with_Luis_Almagro_in_Washington_-_2017_(37645298942)

Da redação – O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, foi expulso hoje (15) da Frente Ampla, partido político que está no governo no Uruguai.

O Plenário Nacional do partido realizada este sábado aprovou, com 168 votos a favor, proposta de seu Tribunal de Conduta Política para a expulsão de Almagro. Pelo menos desde o ano passado tem havido uma pressão de seus militantes pela expulsão dele.

A motivação para isso foi a postura sistemática que Almagro tem adotado desde que assumiu a secretaria-geral da OEA, um órgão criado e totalmente controlado pelo imperialismo norte-americano para ser um instrumento de domínio político e diplomático dos países da América Latina.

À frente do organismo, ele tem atuado como um verdadeiro agente do governo dos Estados Unidos contra os governos de Cuba, Nicarágua e Venezuela. Este último país é a vítima favorita de Almagro, que chegou a propor uma intervenção militar imperialista para derrubar o presidente Nicolás Maduro.