Agência da Caixa de Santo Antônio do Descoberto não tem condições de trabalho

caixa_cef

A cidade de Santo Antônio do Descoberto fica a 50 km do centro de Brasília. Mesmo localizada no Estado de Goiás é limítrofe da Capital Federal e considerada cidade dormitório, uma vez que a grande maioria dos trabalhadores humildes precisam percorrer essa enorme distância, todos os dias, para irem trabalhar. Mais de 90 mil habitantes e apenas uma agência bancária, da Caixa Econômica Federal, já que o Banco do Brasil, no último processo de reestruturação, feito pela direção golpista, fechou a agência na cidade.

A agência da Caixa, que passou a ser o único banco a operar no município, é cheia de problemas. Lotada praticamente todos os dias, falta de pessoal, falta de condições de trabalho, ambiente insalubre, sala de autoatendimento que não comporta a demanda dos clientes, entre outros, são alguns dos problemas enfrentados pelos trabalhadores e clientes. Com a falta de pessoal, e a consequentemente sobrecarga de trabalho, principais reclamações dos funcionários, resta para os clientes as horas nas filas de atendimento.

Depois do processo golpista, que destituiu e cassou ilegalmente os mais de 54,5 milhões de votos da presidenta Dilma Rousseff, o governo golpista de Michel Temer já colocou no olho da rua cerca de 10 mil economiários e recentemente reabriu mais um plano de demissões “voluntárias”. O objetivo é demitir mais 1.626 funcionários, preparando a instituição para a sua privatização no próximo governo golpista, do fascista Jair Bolsonaro, que eleito através da maior fraude eleitoral já vista no país, já indicou para presidir a Caixa um banqueiro privatista: Paulo Guedes.

A diminuição do quadro funcional, o sucateamento das dependências do banco, os baixos salários, entre outros. são recursos da direita golpista, para privatizar o patrimônio do povo brasileiro. Foi assim no governo de FHC (PSDB) nos anos 1990, quando foi privatizada a maioria das empresas estatais, tais como a Vale do Rio Doce, a CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), as teles, as de energia, os bancos estaduais, etc.

Para por fim a ofensiva da direita golpista é necessário organizar imediatamente uma gigantesca mobilização para derrotar o golpe, que passa pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas!