Catástrofe
País africano tem altas taxas de mortes pela pandemia

Por: Redação do Diário Causa Operária

Depois de registrar 74 mortes nas últimas 24 horas, a África do Sul amanheceu hoje com um número acumulado de mortes relacionadas ao Covid-19 de 19.539, como resultado da infecção diária de cerca de mil pessoas.

 

De fato, de acordo com o relatório diário das autoridades sanitárias, na véspera foram contados 1.241 novos pacientes, elevando o número total de infecções pelo novo coronavírus no país para 728.836.

No entanto, os especialistas locais em saúde enfatizam que, nos últimos dois meses, aproximadamente, a taxa de cura permaneceu estável em 90%, graças à qual hoje o número de pessoas recuperadas da pandemia é de 659.249.

O Covid-19 tem uma fase de platô na África do Sul em termos de novas infecções, após o pico da curva de contágio atingido em julho passado, quando cerca de 14 mil pessoas estavam doentes diariamente.

Entretanto, o Ministério da Saúde está reforçando as medidas para evitar uma segunda onda de Covid-19, como está acontecendo em várias nações europeias.

Em 28 de outubro, o Presidente Cyril Ramaphosa iniciou uma auto-quarantena preventiva depois que se soube que alguém com quem ele teve possível contato social testou positivo para o Covid-19.

Também hoje, o Ministro da Saúde, Zweli Mkhize, está se recuperando da pandemia, depois que ele e sua esposa revelaram, em 18 de outubro, que deram positivo para o novo coronavírus.

Send this to a friend