Aécio Neves “eleito” para a Câmara dos Deputados: outra fraude

aecio fraude

Da redação – Nestas últimas eleições temos um processo eleitoral circense, no qual candidatos impopulares se saíram “bem” no pleito. É o caso de Aécio Neves, que apesar das vaias na seção eleitoral na qual compareceu no último domingo acabou se elegendo, deixando claro e evidente a possibilidade de fraude. O candidato do PSDB foi hostilizado por eleitores em Minas Gerais que entoavam canções carnavalescas em ironia aos golpistas.

O deputado com maior número de votos em Minas Gerais foi Marcelo Alvaro Antônio (PSL), com quase 229 mil votos válidos. Aécio Neves foi o 18° mais votado entre os mineiros, confirmando expectativa levantada pelas pesquisas eleitorais do IBOPE.

A ex-presidenta Dilma Rousseff criticou o sistema eleitoral enfatizando a necessidade de uma reforma política. Nas próprias palavras da ex-presidente, notamos sua indignação com um sistema partidário e eleitoral anti-democrático e medíocre: “minha crítica é principalmente ao sistema, recheado de diversos partidos que são mais do mesmo. O que há de novo no partido Novo?”. A derrota de Dilma Rousseff surpreendeu os militantes que esperavam uma retomada após o golpe de 2016.

Apesar da derrota de Dilma Rousseff os militantes do Partido da Causa Operária não se surpreenderam com o resultado das eleições, haja vista todas as denúncias que já vinham sendo feitas pela liderança do partido.