Menu da Rede

Anterior
Próximo

Advogados de Lula vão ao STF para tentar evitar prisão

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

A defesa do ex-presidente Lula se reuniu nesta quinta-feira (8) com o ministro do STF, Edson Fachin, para discutir o pedido de habeas corpus feito para evitar uma possível, e iminente, prisão. Os advogados ressaltam que, diante da velocidade “anormal” com a qual o caso de Lula foi julgado em segunda instância, é importantíssimo que seu pedido de liminar seja avaliado o quanto antes.

Os representantes legais do ex-presidente tentam, o quanto antes, obter uma liminar para diminuir a chance de prisão, mas sabemos que a direita não irá recuar, custe o que custar. Após a decisão do TRF-4 de condenar Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo sem nenhum tipo de provas, a direita entrou em estado de histeria, pedindo diariamente que o líder popular seja preso o quanto antes nos telejornais, nas revistas, jornais e programas de rádio.

Portanto, não podemos nos iludir. Essa parada não será resolvida através de recursos em tribunais, mas sim através da mobilização popular, que pode colocar uma pressão gigantesca no judiciário e até, em última instância, reverter todo o processo de golpe que vemos desde 2016.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Trótski: vida e obra | Curso completo (35ª Universidade de Férias do PCO)

188 Visualizações 4 horas Atrás

Watch Now

Send this to a friend