Contra-ataque
A Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (ADUNEB), juntou-se a campanha em solidariedade ao DCO e publicou uma nota em manifestação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
aduneb
Nota de solidariedade ADUNEB | Reprodução: ADUNEB

O Partido da Causa Operária vem recebendo centenas de mensagens de diversos companheiros, organizações e dirigentes políticos de todo o mundo manifestando apoio ao seu diário de notícias, que sofreu um gravíssimo ataque fascista por meio de hackers que o invadiram e apagaram mais de quatro mil artigos publicados no jornal por seus militantes e simpatizantes.

Nesta quinta (06), a coordenação da ADUNEB – Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia – publicou em seu sítio oficial uma nota de solidariedade ao Diário Causa Operária, expressando um completo repúdio à ação de extrema-direita contra ele e, consequentemente, contra a esquerda e as organizações dos trabalhadores em geral.

A organização ressalta e conclama a união de todos os setores da esquerda em uma frente contra o avanço do fascismo e em defesa da democracia.

Leia a nota na íntegra:

 A coordenação da ADUNEB presta solidariedade as/os companheiras/os do Partido da Causa Operária (PCO) que, no último dia 18 de julho, tiverem o jornal virtual O Diário da Causa Operária atacado criminosamente por hackers. Além de destruírem boa parte da arquitetura no site, apagaram mais de 4 mil documentos. A destruição só não foi ainda mais grave devido à intervenção de militantes do partido, que perceberam o ataque ainda em curso e conseguiram evitar danos maiores.

A ADUNEB junta-se aos demais setores da esquerda, dos movimentos sindicais, sociais, estudantis, populares e outras organizações políticas para exigir das autoridades a célere investigação e exemplar punição dos culpados. Não podemos permitir mais essa ação do terrorismo virtual, uma característica típica das organizações de direita que, desde o golpe à presidenta Dilma Rousseff, em 2016, tem feito o Brasil regredir de maneira avassaladora.
A ADUNEB conclama a união de todas e todos em defesa da democracia e contra o avanço da onda fascista que sistematicamente tem tentado calar as vozes das organizações que, assim como o PCO, colocam-se contrárias ao fascismo, ao obscurantismo, ao ultraneoliberalismo. Somos e sempre seremos contrárias e contrários às frações da sociedade que apoiam políticas neoliberais, que privilegiam o acúmulo de capital, o mercado financeiro internacional, o lucro das instituições privadas em detrimento do fortalecimento do Estado, dos serviços e dos bens públicos.
Coordenação ADUNEB
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas