Siga o DCO nas redes sociais

ACM Neto cria esquema fraudulento de multas em Salvador

O prefeito golpista de Salvador, ACM Neto, um dos principais expoentes da direita coxinha da Bahia está colocando em prática um esquema fraudulento de multas contra a população de Salvador.

As denúncias são de que os radares nas ruas de Salvador estão aplicando multas indevidas com o objetivo de arrecadar fundos para a indústria das multas colocada em prática pela prefeitura de Salvador.

O motorista de ônibus que fez a denúncia afirma que foi notificado pelos seus superiores de que havia sido registrada uma multa durante o seu trabalho de motorista de ônibus. O rodoviário achou estranho, pois a multa registrada estava na velocidade de 80 km/h, fato impossível e comprovado com vários documentos apresentados pelo motorista, pois o veículo é parametrizado, ou seja, não excede a velocidade de 70 km/h, possui o tacógrafo e sistema de GPS, e nenhum momento a velocidade excedeu 70 km/h.

Veja os documentos e o vídeo colocado no ar pelo motorista:

Esse fato se comprova quando colocou radares clandestinos, ou seja, em locais escondidos e sem nenhum aviso, sem objetivo de reduzir acidentes. Em 2016, a empresa responsável pelo transito da cidade, a Transalvador, foi denunciada pelos próprios funcionários que a direção estabeleceu metas de multas diárias que os mesmos deveriam cumprir, e caso não fosse cumpridas sofreriam retaliações.

ACM Neto é responsável por colocar em prática a indústria das multas na cidade para atacar a população e arrecadar mais fundos para a farra do dinheiro público na prefeitura de Salvador, transformando uma medida educativa e protetiva, num balcão de negócios. Imaginem quantas multas foram aplicadas da mesma maneira fraudulenta e não tiveram provas para recorrer.

Essa é política da direita golpista para os meios de transporte da capital Salvador, sob a administração de ACM Neto para a população, retirar linhas de ônibus coletivo e de péssima qualidade e colocar a indústria das multas para as pessoas que utilizam de seus veículos para deslocar na cidade.