Acidentes com trabalhadores dos Correios aumentaram depois do golpe

Moto correio acidente

Da redação – Na última quarta-feira (02), mais um trabalhador dos Correios sofreu um grave acidente durante o trabalho.

O trabalhador, que ocupa a função de carteiro motorizado na cidade de Matão, interior do estado de São Paulo, teve sua moto colidida por um carro que o levou ao chão, decepando sua perna no mesmo instante.

O carteiro foi socorrido em estado grave, sem uma das pernas e ainda está em estado grave de saúde.

Esse é mais um dos vários acidentes que acontecem todos os dias nos Correios, cuja maioria não aparece na imprensa golpista devido a não ter a gravidade do caso relatado acima.

Os trabalhadores dos Correios, principalmente do setor operacional, estão trabalhando sob a pressão da demissão, decorrente da política de privatização que os golpistas ameaçam nos Correios.

Os golpistas estão aumentando o tamanho dos distritos de todos os carteiros, através do DDA (Distribuição Domiciliar Alternada), sobrecarregando a categoria dos ecetistas, levando a acidentes de vida, aonde no final a direção da ECT não concede a menor assistência ao trabalhador acidentado.

Diante disso, é necessária a formação de comitês de luta contra o golpe nas unidades dos Correios, unificando os trabalhadores pelo fim do DDA, seguro de vida para todos os carteiros motorizados, além de engajamento dos ecetistas na campanha do Fora Bolsonaro e todos os golpistas! Pela Liberdade de Lula.