Acabou o Minha Casa, Minha Vida: novo presidente da Caixa anuncia “juros de mercado” para a classe média

pedroguimaraes

Da redação – Paulo Guedes nomeou Pedro Guimarães para comandar a Caixa. O novo presidente da Caixa entrou no governo para destruir os programas sociais e para privatizar partes do banco. Nesta segunda-feira (7), ao tomar posse, Pedro Guimarães já avisou que a “classe média” não terá mais os juros baixos do Minha Casa, Minha Vida para financiar suas moradias. A partir de agora, a classe média pagará “juros de mercado”. Ou seja, é o fim do programa para uma ampla parcela da população.

Guimarães afirmou que os mais pobres ainda terão uma taxa reduzida, mas nada garante que isso de fato vá ser assim. Em qualquer caso, depois do golpe de Estado, a quantidade de pessoas na faixa 1 de renda dentro do programa (os mais pobres) caiu para menos de 10%. Durante o governo de Dilma Rousseff esse percentual estava em torno de 45%. Ou seja, o golpe já vinha acabando com o programa para os mais pobres. Agora Paulo Guedes vai acabar com o programa para outros setores da população.

Esse é o programa da direita para os trabalhadores sob o golpe. Atacar as condições de vida de milhões de pessoas para descontar no povo o preço da crise capitalista pela qual os responsáveis são os capitalistas.