Ditadura
Protegendo a fonte, o Intercept denunciou mais esse avanço dos fascistas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
abin-copy (1)
ABIN e seu comandante fascista, General Heleno | Foto: reprodução

A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), ou de espionagem do povo, está avançando no controle de dados e fotografias dos mais de 76 milhões de cidadãos que possuem uma carteira nacional de habilitação, a CNH, pedindo aos órgãos legais que repassem estas informações para os fascistas.

O Intercept teve acesso a documentos de pessoas envolvidas na negociação que mostram que a Abin pediu ao Serpro, empresa pública de processamento de dados, um banco de informações imenso. Os dados incluem nomes, filiação, endereços, telefones, dados dos veículos e fotos de todo portador da CNH.

Mantendo o sigilo da fonte, o site denúncia mais este avanço da ditadura militar no Brasil.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas