Abaixo o VAR e a fraude no Futebol: nova campanha é lançada pelo programa na Zona do Agrião

Com toda convicção e segurança, mesmo em tão pouco tempo, já podemos afirmar hoje que o árbitro de vídeo, o VAR, chegou ao futebol brasileiro para instituir e legalizar a fraude no esporte mais popular do país. Mas não somente a fraude. pois trata-se de um mecanismo de controle muito mais amplo da burguesia para interferir e controlar diretamente a livre manifestação e expressão das massas populares; afinal, trata-se do esporte de maior apelo e prestígio popular do país.

No Brasil do golpe, a burguesia, a direita e os golpistas buscam de todas as formas amordaçar e silenciar a voz das massas oprimidas, os primeiros e os que mais foram atingidos pelas duras medidas dos exploradores pró-imperialistas, os mesmos que articularam e financiaram o golpe de estado de 2016 contra o governo eleito.

O que se vê nas competições oficiais do calendário nacional, por quase todos os estádios país afora, é uma dura repressão contra qualquer forma de expressão política e social das torcidas, inclusive com ameaças de banimento das “torcidas organizadas”, como deseja o bolsonarista de perfil nitidamente fascista, o coronel Olímpio, recém eleito senador pelo estado de São Paulo.

O famigerado árbitro de vídeo já vem atuando no Brasil, interferindo diretamente nos resultados das partidas. O exemplo mais recente foi a partida final da Copa do Brasil entre Corinthians e Cruzeiro, onde o VAR foi consultado duas vezes para alterar o resultado da partida. Na ocasião o Cruzeiro acabou sendo o campeão da prestigiada e importante competição, conquistando pela sexta vez o título.

No momento em que o todo o país e o mundo presenciam e assistem escandalizados a maior e mais escancarada fraude e manipulação das eleições gerais dos últimos 50 anos no país, onde todas as instituições (STF, TSE, MPF) atuam abertamente a favor do golpismo e da violação da vontade popular, surgem apelos vindos de todos os mais legítimos representantes do golpismo para um controle ainda maior do futebol pelos mecanismos artificiais instituídos pela burguesia e a direita.

Fica claro neste momento que todos os mecanismos de controle e fraude nos resultados das partidas do futebol brasileiro nada mais são do que uma tentativa da burguesia e da direita de impor um rígido e ditatorial controle do futebol, das torcidas, mas principalmente da livre manifestação das massas populares, que em várias ocasiões, em diversos estádios, vem demonstrando um profundo repúdio ao golpe e às medidas de ataque contra a população explorada.

Neste sentido, o VAR é o STF do futebol, é o TSE do nosso esporte, que está aí para fraudar e legitimar a violação da vontade popular. Da mesma forma como o VAR atua para distorcer o resultado das partidas, o STF e o TSE atuam nas eleições para fraudar as eleições e legitimar o golpe contra a vontade popular e os legítimos interesses da maioria da população.

Diante desta verdadeira situação de confisco da vontade popular, da escancarada fraude no futebol nacional, nós, que produzimos o melhor programa de futebol e política das redes sociais brasileiras, o já aclamado Zona do Agrião, estamos deflagrando uma  campanha nacional pelo banimento do famigerado árbitro de vídeo do futebol brasileiro, o VAR.

Nossa campanha terá como eixos centrais: abaixo a fraude; abaixo a perseguição às torcidas organizadas; abaixo a repressão, pela livre manifestação e expressão nos estádios, inclusive as manifestações políticas.