A serviço do golpe, Boslonaro quer acabar com o ensino médio abrindo caminho para a privatização

M2081S-1029

O candidato golpista da extrema-direita Jair Bolsonaro já declarou diversas vezes que seu governo ira instituir o ensino médio a distancia. Bolsonaro utiliza como desculpa a necessidade de acabar com a doutrinação marxista, uma campanha sórdida da direita contra o debate politico nas escolas e a luta dos estudantes e professores. Na realidade, a política do ensino médio a distancia esta dentro da política golpista de “reformar” o ensino médio, extinguindo matérias e demitindo milhares de professores.

A política dos golpistas e acabar com o ensino médio e com o próprio ensino público no pais, favorecendo os tubarões do ensino privado que irão lucrar bilhões com as escolas privatizadas. O ataque ao ensino médio e ao próprio ensino publico, é um ataque à juventude pobre, filhos e filhas da classe trabalhadora, que irão ficar totalmente excluídos do direito básico de uma educação pública e gratuita. A política levará também à demissão de milhares de professores em todo o pais, os quais já sofrem com as péssimas condições de ensino.

É preciso denunciar essa política e chamar os professores, estudantes e toda a comunidade escolar a se mobilizar contra a destruição da educação pública promovida pelo golpe de estado. É preciso organizar os comitês de luta contra o golpe em todas as escolas e levantar as palavras de ordem de Fora Bolsonaro e todos os golpistas e Liberdade para Lula.