Siga o DCO nas redes sociais

Atentado a Porta dos Fundos
A Polícia Federal é tão fascista quanto os integralistas
Jornalista Ricardo Kotscho reivindica que a Policia Federal e os órgãos de repressão comandados pelos bolsonaristas sejam convocados para investigar e conter os bolsonaristas
images (1)
Atentado a Porta dos Fundos
A Polícia Federal é tão fascista quanto os integralistas
Jornalista Ricardo Kotscho reivindica que a Policia Federal e os órgãos de repressão comandados pelos bolsonaristas sejam convocados para investigar e conter os bolsonaristas
Especial de Natal Porta dos Fundos. Imagem: Reprodução
images (1)
Especial de Natal Porta dos Fundos. Imagem: Reprodução

A censura e o cerceamento à liberdade de expressão nos ataques ao especial de fim de ano do Portas dos Fundos são a manifestação expressa do autoritarismo e do fascismo presente na situação política brasileira. O atentado e agressões físicas evidenciam que a tendência é a extrapolação da mera intolerância de opinião. Como é evidente, se não forem contidos, os cães raivosos da extrema- direita intensificaram os ataques. Neste caso, como combater os atentados e conter as ações violentas?

No artigo “72 horas após o atentado contra Porta dos Fundos: Cadê a PF do Moro?”, publicado no site Brasil 247, o jornalista Ricardo Kotscho reivindica que a Policia Federal e os órgãos de repressão comandados pelos bolsonaristas fossem convocados para investigar e conter os bolsonaristas responsáveis pelo atentado contra Portas dos Fundos.

Até o momento em que escrevo, Sergio Moro, o ministro da Justiça, sempre tão ágil e prestativo quando se trata de defender os interesses do governo, não deu um pio, não anunciou nenhuma providência e, até onde se sabe, não acionou a Polícia Federal, que só continua preocupada com Lula

Essa posição politica de “ exigir” que a Policia Federal de Sergio Moro, que tem como principal diretriz combater a esquerda e atacar os movimentos populares, poderia investigar (“ esclarecer” e “ punir”) responsáveis pelas bombas colocadas na sede da produtora do grupo Portas dos Fundos não somente é inócua como é profundamente equivocada, pois alimenta a ilusão que os órgãos e instrumentos estatais responsáveis pela repressão cotidiana sob o completo controle dos bolsonaristas podem representar um elemento de contenção da violência da direita.

Do ponto de vista da autoria da ação terrorista da direita nem é preciso muita investigação, pois um grupo que se autodenomina integralista já postou vídeo reivindicando a autoria, e tem vídeos com imagens dos participantes do ataque com bombas molotov na sede da produtora.

O papel da Policia Federal e todo aparato repressivo é não somente não investigar nada, mas acobertar e até mesmo estimular a ação dos grupos paramilitares, isso já recorrente no campo brasileiro. Além do mais, é importante ressaltar que os grupos de extrema direita são compostos em sua esmagadora maioria por membros ou ex-membros da policia, seja a PM ou a Policia Civil. Havendo por tanto uma efetiva rede de solidariedade entre as instituições estatais e os grupos para militares.

Ao analisar a politica da social democrata na Alemanha na década de 1930, quando da ascensão do nazismo, o revolucionário russo destacou que um elemento que favoreceu a vitória dos nazistas foi exatamente a posição dos social democratas e da esquerda em geral em capitular para o aparato oficial do Estado, quando estava imbricado com ação violenta da extrema direita.

A única maneira de combater a extrema-direita é através da criação de comitês de auto defesa que enfrente efetivamente a direita.