Coronavírus em SP
Outras medidas também serão aplicadas, prevendo a abertura da quarentena
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pm masp coronavírus
Policiais Militares no vão do MASP Imagem: AFP |

Da redação – O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), emitiu decreto na terça-feira, 5, que define várias medidas a serem aplicadas com a maior abertura da quarentena. Entre elas, estão a atribuição de horários para atendimento de idosos em bancos e comércios, além disso a Polícia Militar e agentes sanitários ficam responsáveis por fiscalizar o uso de máscaras das pessoas nas ruas, que passará a ser obrigatório em todo estado, segundo decreto de João Dória, a partir da quinta-feira (7).

Além disso, estabelecimentos comerciais deverão fornecer máscaras para os funcionários e álcool gel para os frequentadores, em local visível e de fácil acesso.

O decreto também trata da disponibilização de leitos nas UTIs, que deverão priorizar o tratamento de pacientes com maiores chances de recuperação, caso a demanda seja maior do que a disponibilidade de leitos, o que já vem acontecendo em diversos lugares. Os hospitais privados deverão disponibilizar 20% de seus leitos, caso tenha sido acordado entre as partes. O poder público deverá pagar indenização aos hospitais privados que disponibilizarem os leitos para a rede pública.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas