Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pm_
|

O extermínio da população pobre no RJ: PM tem o maior índice de assassinatos dos últimos 20 anos. O governador fascista do Rio de Janeiro Wilson Witzel prossegue com sua política conscientemente de extermínio da população negra, pobre e das periferias das cidades, como prometido em sua campanha de “promover uma limpeza social no Estado”.

Nesta semana, foram apresentados dados oficias do ISP (Instituto de Segurança Pública), vinculado ao Governo do Estado, mostrando que 305 pessoas foram assassinadas por policiais nos dois primeiros meses de 2019. Esse é o maior número de assassinatos pela polícia desde o início das pesquisas em 1998, representando um aumento de 643% se comparado 1998 – 2019.

Fica claro que, desde o período que o golpista Temer assumiu, vem sendo colocado em prática essa política de extermínio da população no Estado do RJ. Os registros do primeiro bimestre de 2019 mostram que a quantidade de mortos pelas polícias aumentou 67% em dois anos (de 183 para 305). Ainda, em 2017 a quantidade de mortes decorrentes dos assassinatos pela PM representavam 15% do total de homicídios no estado (1.184, à época). Já neste ano esta porcentagem passou para 30,2%.

Fica cada vez mais claro que a polícia militar atua como mais uma facção criminosa, muito poderosa, por ter o apoio do estado. Witzel, assim como Bolosonaro no plano nacional, foi a pessoa encontrada pelo golpe para dar seguimento à política de extermínio da população pobre, intensificada a partir da ocupação do Estado pelo Exército.

O objetivo do governador Witzel é institucionalizar a matança da população pobre do estado, com a aprovação da lei anticrime apresentada pelo também fascista ministro da justiça, Sérgio Moro, que, entre outros pontos, é uma verdadeira carta branca para a polícia matar.

As organizações de esquerda e sociais que realmente estão do lado dos trabalhadores devem fazer um chamado à mobilização da população do Rio de Janeiro contra a barbárie representada por Witzel e a polícia do Estado.

Fora Bolsonaro, Fora Witzel, assassinos de trabalhadores!

Pela dissolução da Polícia Militar!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas