A mando dos EUA? Prisão de Temer ocorre logo depois de visita de Bolsonaro, Moro e chefe da PF à CIA

1553179382-5c93a333046d1_michel_temer

Da redação – O ex-presidente golpista Michel Temer (MDB) foi preso na manhã desta quinta-feira (21), juntamente com seu ex-ministro Moreira Franco, por acusação de pagamento de propinas relativas à obras na usina nuclear de Angra 3. Os mandados foram expedidos pelo “Moro carioca”, Marcelo Bretas, juiz federal que coordena o desdobramento da Operação Lava-Jato no Rio de Janeiro.

A impopularidade de Temer sempre foi notória desde que ele assumiu o governo com o golpe em 2016, oferecendo jantares de gala para comprar parlamentares, de forma que fosse implementada a reforma trabalhista que decretou o fim da CLT.

No entanto, o que deve ser ressaltado é outro ponto. A prisão de Temer ocorre em meio ao golpe de Estado que ele mesmo ajudou a implementar. Uma vez que o ex-presidente não faça mais parte dos planos da extrema-direita que agora tem outro representante ainda mais subserviente – como são os casos de Bolsonaro e Moro – é chegada a hora de impedir que qualquer parte do plano dos golpistas venha à tona, amordaçando aqueles que têm acesso às informações comprometedoras.

Levanta-se outra questão importante nesse caso: quem ordenou de fato que Temer fosse preso? Logo após a viagem de Bolsonaro aos Estados Unidos foi decretada a prisão, não se sabe o conteúdo da reunião deste com a CIA, onde Moro fez treinamento. O chefe da PF, Maurício Aleixo, que acompanhava a viagem, antecipou seu retorno para acompanhar de perto a prisão de Temer, que foi decretada de forma preventiva.

Em uma visita em que Bolsonaro apenas foi receber ordens que dificultam a entrada de brasileiros nos EUA e facilitam a entrada de americanos no Brasil, ordem de entrega de Alcântara, e outras coisas, explicitando o papel colonial que o país vem representando com este governo, fica óbvio que quem dá as ordens na justiça brasileira são os próprios americanos. Portanto, não se pode descartar que a prisão de Temer tenha sido ordenada diretamente pela CIA e pelo governo norte-americano, até porque a Polícia Federal é um organismo subordinado à CIA e ao FBI.