Abaixo à Farsa do EAD
Os professores efetivos e contratados foram admitidos para desenvolver aulas presenciais e estão sendo obrigados a desenvolverem o ensino à distância.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
4911490789_28504e27e6_h
Teclado de computador | Zonadetolerancia

Diante da pandemia que se desenvolve no Brasil, onde já matou milhares de pessoas e a impossibilidade de retornar as aulas em todas as esferas educacionais. A maioria dos estados estão promovendo o EAD como substitutivo das aulas presenciais. Um absurdo, pois segundo uma pesquisa divulgada, no Brasil quase metade dos lares não tem computadores.

Segundo a Pesquisa TIC Domicílios 2018, realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação,. no Brasil mais 42% dos lares não possuem computador, diante disso a proposta de ensino à distância  é uma verdadeira farsa. Os governos estaduais e municipais ordenaram que os professores dessem aulas virtuais durante esse período, porém ninguém foi contratado para tal atividade.

Os professores efetivos e contratados foram admitidos para desenvolver aulas presenciais e estão sendo obrigados a desenvolverem o ensino à distância. Estão tentando dar continuidade ao ano letivo pela EaD (ensino a distância), porém algum impossível diante da realidade do país, nem todos os professores tem equipamentos e nem habilidade para isso e milhares de alunos não tem equipamentos ou tem um para vários irmãos.

Essa pandemia veio pra escancarar o quanto somos um país desigual e atraso, diante de toda essa situação é necessário abortar a ensino à distância, pois é uma farsa, a maioria esmagadora não tem acesso ao conteúdo, além de ser um ensino empobrecido, pois a socialização e o ambiente escolar são fundamentais para um boa aprendizagem.

Para piorar o absurdo do EAD é obrigar os professores fechar as notas do primeiro bimestre, mas se não tem equipamento e muito menos acesso à uma boa internet, como vai entregar as atividades. Outro problema essas atividades entregues pode ser um foco de vírus, colocando a vida dos professores em risco.

A política do EAD é no sentido de liquidar com a educação pública, promover as aulas e depois avaliar, quando 47% em São Paulo sequer tinha acessado as aulas virtuais. É preciso acabar com essa farsa, pois estão adoecendo milhares de professores, esse EAD somente serve pra promover o assédio moral entre os professores e até coordenadores. Paralisar o EAD, garantir o ano letivo, pois estamos vivendo uma situação adversa e no segundo semestre se tiver melhorado a onda do vírus, discutir o retorno e a adequação das escolas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas