Menu da Rede

Larissa Leonetti

Larissa Leonetti

Larissa Machado Leonetti é membro suplente do comitê central nacional do PCO, é militante do PCO desde 2016 e trabalha na secretária de organização do partido. Também é coordenadora do coletivo de mulheres Rosa Luxemburgo do PCO. Mora em São Paulo, e estuda Letras na Universidade de São Paulo.

Miséria

A fome ao redor

Mobilizar contra a fome e a miséria da população

Tempo de Leitura: 2 Minutos

Moradores de rua na escadaria da praça da Sé – Foto: Marcelo Oliveira/UOL

Publicidade

O Partido da Causa Operária (PCO) realizou seu ato do dia internacional dos trabalhadores na praça da Sé. O ato foi uma vitória, reunindo mais de mil pessoas, eu incluída, que protestavam contra o governo genocida de Bolsonaro e os golpistas, protestamos contra o genocídio promovido pela direita diante da pandemia do coronavírus, pela quebra das patentes da vacina, contra a miséria e a fome.

A miséria e a fome que estava do nosso lado, lá no chão da praça da Sé. Dezenas de pessoas dormindo na rua, sem o que comer. Eram homens, mulheres e famílias inteiras dormindo no chão, fazendo filas para pegar uma marmita distribuída por alguma instituição de caridade. Protestar contra a direita e sua política de fome, ao lado de seres humanos sem perspectiva, sem auxílio nenhum do governo, morrendo nas mãos da direita golpista que governa o país, foi no mínimo chocante.

Um recente estudo promovido pela USP e coordenado pelas pesquisadoras Luiza Nassif Pires, Luísa Cardoso e Ana Luíza Matos de Oliveira aponta um crescimento vertiginoso nos níveis de extrema-pobreza e pobreza no Brasil agora em 2021. Segundo a pesquisa, a pobreza vem aumentando desde 2015. Em 2019, 51,9 milhões de pessoas estavam na pobreza, hoje são mais de 61 milhões.

Já os extremamente pobres saltaram de 13,9 milhões para 19,3 milhões considerando o mesmo período, um dado ainda mais alarmante. Devido ao auxílio emergencial que atendeu 68, 3 milhões de pessoas em 2020, com valores que variaram entre R$600,00 e R$1.200,00, houve uma redução na redução desses números.

Porém, não é necessário grandes pesquisadoras afirmarem isso para você, leitor. Aposto que ao andar pelas ruas da sua cidade você já se pegou pensando: “Nossa, como tem gente morando na rua!”.

E se depender da direita a situação ainda vai piorar. O auxílio emergencial vai deixar de existir, se depender dos planos da direita. Ao mesmo tempo, o preço dos alimentos sobem, como por exemplo o feijão, que está ameaçado de faltar nas prateleiras dos mercados no segundo semestre de 2021. Se o trabalhador brasileiro conseguir comprar a comida, deve se atentar se possui dinheiro para cozinhá-lo. O gás de cozinha voltou a subir na última semana e atingiu o preço de R$ 120,00 no Centro Oeste do Brasil. Um aumento de 0,4% em relação à semana anterior, mas que vem aumentando a, praticamente, a cada semana.

A direita também planeja uma demissão em massa de trabalhadores, com a privatização de diversas estatais, uma delas é uma das mais importantes, os Correios. Quando se privatiza uma empresa são milhares de trabalhadores que serão mandados para o olho da rua.

Por todos esses motivos é necessário uma mobilização. O PCO vai intensificar, impulsionado pelo ato do dia 1º de maio, uma intensa campanha de agitação nas ruas e nos bairros populares de reivindicações fundamentais, como auxílio emergencial, vacinação em massa e contra a fome,, além de organizar projetos e boletins dirigidos aos trabalhadores sem terra e sem teto.

Campanhas específicas dirigidas aos trabalhadores dos Correios, das Petrobrás, etc também estão na conta. Fazemos também já um chamado para um novo ato dia 3 de julho de 2021 na avenida Paulista, em que reivindicaremos pela saída dos golpistas. É necessário uma grande agitação e mobilização para barrar os ataques da direita. 

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

70 ANOS DA REVOLUÇÃO CHINESA - COM RUI COSTA PIMENTA (CURSO COMPLETO)

362 Visualizações 5 horas Atrás

Watch Now

Send this to a friend