A falta de diversos materiais se agrava nas escolas

caderno-antigo-usado-30-folhas-1968-a82-D_NQ_NP_539001-MLB20264467658_032015-F

Com mais de dois anos do golpe que derrubou a presidenta eleita Dilma Rousself, o sucateamento das pautas sociais tem se intensificado em todo o Brasil.

Nas escolas paulistas a falta de material tem imobilizado professores e funcionários da educação, o pouco que ainda vinha para a escola para comprar materiais básicos acabou.

A falta de impressoras atrapalha a emissão de documentos e a realização de provas bimestrais. Cobram-se muito as aulas dinâmicas e diversificadas dos docentes, mas como vamos fazer isso se não há condições materiais para tal.

Trata-se de uma escola obsoleta, pois não possui computadores e impressoras, coisas que são imprescindíveis e básicas para uma boa aprendizagem.

Com o golpe de 2016 a escassez de recursos tem se intensificado de forma gradativa. Tem faltado produtos básicos como papel higiênico e sabonete líquido.

Somente com a mobilização da comunidade escolar para barrar todos os retrocessos que estão se intensificando com a política de rapina dos golpistas. FORA BOLSONARO E TODOS OS GOLPISTAS!!!