O que diz a burguesia
A classe média repete essa ideia para livrar a burguesia e seus governos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
1_Jur7W6IkgS7U3nISDk83Xw
Operários, de Tarsila do Amaral. |

A burguesia convence a classe média de que ela é superior ao povo, embora seja mentira. Assim, essa pequena-burguesia serve como instrumento de dominação da burguesia sobre a maioria do povo trabalhador.

Uma ideia que é colocada na cabeça da classe média pela burguesia para que ela saia por aí se achando a classe mais superior da Terra é a de que a culpa de tudo de ruim que acontece é do povo. A cidade está suja: a culpa é do povo. O resultado da eleição é ruim: a culpa é do povo. Uma epidemia tomou conta do País: a culpa é do povo.

Assim, a culpa nunca é de quem realmente a tem: a burguesia. Os governos, controlados pela burguesia, no fundo não têm culpa de nada. E a classe média difunde essa ideia.

A classe média esquerdista, ou mais precisamente, a esquerda pequeno-burguesa, adota igualmente essa ideologia reacionária. Assim, quando Bolsonaro foi eleito diante de uma das maiores fraudes eleitorais da história do País: a culpa foi do povo. Embora o povo quisesse mesmo era votar no Lula. Pedir o fora Bolsonaro? De jeito nenhum, o povo quer ele lá, embora em todos os lugares onde juntasse o povo, ele gritasse fora Bolsonaro. Mas a esquerda pequeno-burguesa espera sempre uma boa justificativa para não agir, melhor ainda se essa justificativa seja colocar a culpa no povo.

Agora, com o advento da pandemia do coronavírus assistimos estarrecidos a mais um capítulo da máxima “a culpa é do povo”. Vimos pequeno-burgueses – de esquerda e de direita unidos – seguindo as determinações da burguesia e fazendo a campanha do “fique em casa”. Levaram tão a sério isso que simplesmente abandonaram tudo, correram para casa, fecharam os sindicatos e os partidos de esquerda, disseram que não dá para fazer mobilização, que só nos resta fazer buzinaço e panelaço das sacadas das janelas.

Mas e o povo? Culpado de tudo, o povo não pode ficar em casa. Milhões de operários e trabalhadores de diversas categorias estão sendo obrigados a sair de casa, pegar o transporte público cheio, trabalhar nas fábricas, frigoríficos, construções, supermercados etc. Ficar em casa? Difícil para quem mora em um barraco com poucos cômodos.

O índice de isolamento social está baixo, dizem os governos. Só nos resta, então, colocar a culpa no povo que não faz quarentena. Coloquemos então o lockdown, vamos intensificar e deixar muito claro que a culpa é do povo e que o povo vai pagar por ser culpado de tudo. Caso de polícia!

E se por acaso precisar sair de casa, coloque máscara. Os governos não vão oferecer máscaras, nem nenhum equipamento de segurança, mas lembre-se a culpa é do povo. Não tem testes em massa, não tem leitos para todos os doentes, mas ninguém mandou o povo ter culpa.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas