A crise não será resolvida sem grande atritos

tv mulheres e ticao terao novos horarios confira

O golpe de Estado se desenvolve e entra em crise, colocando a luta com a esquerda em um grande impasse onde a burguesia não parece conseguir eliminar totalmente a presença deste setor na vida política do país. Tudo isso gera a crise e os atritos são esperados, para entender melhor esta situação veja na Causa Operária TV (COTV) o trecho específico sobre o tema retirado da Análise Política da Semana:

“Estamos no momento de maior fluidez do golpe, como nós havíamos previsto, a crise política nacional não vai ser resolvida de uma maneira indolor, quer dizer sem grandes atritos e crises. A via de desenvolvimento da crise atual é através de episódios maiores de crise até que se encontre uma determinada solução.
É importante salientar que a solução não é simples com o caso do Lula e os tiros em sua caravana. Enquanto Lula e o próprio Partido dos Trabalhadores (PT) tiver condições de ganhar eleições, de reunir apoio popular, o regime estará se mantem em total desequilíbrio e crise porque a direita não aceita o PT no governo e o PT continua crescendo e se impondo na situação política. A situação a que chegamos é a seguinte: a burguesia não consegue nem engolir nem cuspir, a esquerda brasileira está entalada na garganta da burguesia.
Logicamente que se colocam situações mais extremas para a situação política, a alternativa de um golpe militar de força que procure desestruturar estas organizações. É uma alternativa extremamente arriscada dada a situação toda, mas é uma alternativa possível”.
Contribua com a Causa Operária TV para que haja uma programação melhor, com mais qualidade visual e mais diversidade de conteúdos. A Causa Operária TV é um esforço do PCO, que se receber apoio dos demais pode ficar cada vez maior.