Menu da Rede

Antônio Carlos Silva

Antônio Carlos Silva

Sobre o Toninho

Militante do Partido da Causa Operária (PCO) desde as suas origens. Membro do Comitê Central do Partido, secretário Sindical e coordenador da Corrente Nacional Sindical Causa Operária.

Professor do Ensino Público do Estado de São Paulo, atua na oposição da Apeoesp.

Foi candidato a diversos cargos pelo PCO em eleições regionais e nacionais, levando a propaganda revolucionária às grandes massas.

Participa do conselho editorial do Jornal Causa Operária, do qual é colunista.

Apresenta os programas Resumo do Dia e Resumo da Semana, na Causa Operária TV. Também é âncora do programa Comando de Greve.

A proposta do PCO

A candidatura de Lula é a arma para unir e mobilizar a esquerda

Não há outro caminho para superar a atual etapa defensiva que não seja a unidade das organizações de luta dos trabalhadores contra a ofensiva golpista

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Vivenciamos nesta semana, um acontecimento inédito e da maior importância diante do avanço da crise e, em particular, da crise da esquerda frente a ofensiva reacionária da direita contra os trabalhadores e suas organizações: a realização de um debate público reunindo os principais partidos da esquerda do País, que  atuam no movimento operário e se reivindicam da luta pelo socialismo e/ou comunismo.

Um aspecto importante do debate é que mostrou o papel da imprensa alternativa em furar o bloqueio antidemocrático que os grandes monopólios de comunicação impõem ao País, apresentando apenas as “análises” da burguesia e dos seus “funcionários” como os “analistas”  burgueses e os dirigentes políticos dos partidos da direita, só cedendo espaços para a esquerda, quando essa – na maioria das vezes – se dispõe a defender as posições da própria burguesia.

Transmitido pelos canais da internet TV 247, DCM, Fórum e COTV e mediados pelos jornalistas Leonardo Attuch, Renato Rovai e Zé Cássio, o importante encontro já foi assistido por mais de 50 mil mil pessoas e contou com a participação da presidenta do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann; da presidenta do PCdoB, vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos; do presidente do PSOL, Juliano Medeiros, e do presidente do PCO, Rui Costa Pimenta e teve como tema designado pelos organizados, “a frente de esquerda”, com ênfase na situação da esquerda diante das eleições municipais.

Captura de Tela 2020 08 27 as 15.44.14 1

Foram convidados também e não compareceram, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB).

O encontro expôs as orientações dos partidos de esquerda diante da situação evidenciando as expectativas negativas em relação ao desempenho da esquerda nas eleições municipais, previstas para novembro próximo e as dificuldades encontradas por essa mesma esquerda para se unir no terreno eleitoral, seja por suas diferenças políticas, seja pelas antidemocráticas normas eleitorais, impostas com a “reforma” eleitoral pós golpe de Estado, que – entre outras – impede as coligações proporcionais e cassa o tempo de propaganda eleitoral gratuita – no rádio e TV – de 10 partidos, dentre eles o PCO.

Depois de apontar o avanço da direita no Brasil e no Mundo e destacar a importância da luta pela mudança da correlação de forças em favor dos trabalhadores e da esquerda, o que só seria possível por meio da derrota de Bolsonaro e de todos os golpistas por meio da mobilização popular,  o presidente do PCO, Rui Costa Pimenta, destacou que a situação não pode ser alterada nos estreitos marcos das eleições municipais fraudulentas deste ano.

Com enfatizou Pimenta, a vitória eleitoral é um retrato da correlação de forças e não o instrumento fundamental para sua alteração.

Nestas condições, a unidade não pode ser abstrata e sim ser avaliada do ponto de vista do desenvolvimento da situação política e para onde estão caminhando as forças políticas. A esquerda deve lançar seus candidatos e apresentar seus programas para os trabalhadores, mas a mudança na relação de forças virá de uma unidade em torno da luta e de candidatos populares e com história entre os trabalhadores.

getimage.php?i=98f7420cbae75ecf5caf9668dfcd0cd2
Marcha Lula Livre, Lula Inocente chega ao Recife nesta sexta-feira (20) – Blog – Adriano Roberto

Nesse sentido, o presidente do PCO, apresentou em nome do nosso Partido, a  proposta de unidade da esquerda em torno da candidatura de Lula, da luta  pela volta de seus direitos políticos e por sua eleição para presidência da República.

Essa luta é uma bandeira que pode mudar a correlação de forças, visto que a direita não quer Lula de nenhuma maneira e vai evidenciar o caráter golpista das eleições e pode servir para mudar o quadro político em favor da esquerda e da luta dos trabalhadores contra a atual ofensiva, a maior de todos os tempos contra os direitos e as condições de vida dos explorados e os seus direitos democráticos.

Veja ou reveja esse importante debate:

https://www.youtube.com/watch?v=wP2gUyHlXsU

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.