casa de máquinas de amônia - 06-09-2018
|

Neste ano de 2019 foram incontáveis os números de vazamentos do gás amônia em frigoríficos no País, em determinados locais, os bombeiros tiveram que afastar os moradores vizinhos das imediações da fabrica onde ocorreu o incidente.
Em várias ocorrências, os bombeiros sequer são chamados, os casos mais recentes foram os da BRF – Brasil Foods, tanto na cidade de Uberlândia (MG), quanto em Rio Verde (GO). Os dois frigoríficos juntos, têm mais de 11 mil trabalhadores, em ambos os casos tiveram vítimas levadas a prontos socorros de hospitais.
As tragédias ocorrem praticamente em todos os mais de quatro mil frigoríficos existentes no Brasil, devido à falta de manutenção, de equipamentos inadequados e vencidos, falta Equipamentos de Proteção Individual (EPI), além de instrução aos trabalhadores.
Apesar de os patrões procurarem de todas as formas ocultar o tamanho da tragédia ocasionada pelo vazamento do amônia, sempre há um argumento pronto de que os trabalhadores socorridos passam bem, ou não houve nenhuma vítima e que vão prestar toda assistência necessária aos trabalhadores.
Os efeitos da exposição à amônia podem ser fatais
Os trabalhadores e até a população vizinha às dependências dos frigoríficos estão sujeitos a ficarem com sequelas pelo resto de suas vidas devido à intoxicação ou inalação do amônia.
Conforme a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), os efeitos da amônia são adversos à saúde humana: o Amoníaco, devido à liberação de amônia, pode ser sufocante e de extrema irritação aos olhos, garganta e trato respiratório. Dependendo do tempo e nível de exposição, podem ocorrer efeitos que vão de suaves irritações às severas lesões no corpo, devido a sua ação cáustica alcalina. Exposições às altas concentrações – a partir de 2500ppm por um período de 30 min. – pode ser fatal. O contato do Amoníaco pode causar severas queimaduras nos olhos e pele. Extensas queimaduras podem levar à morte. Principais partes atingidas: olhos, pele e sistema respiratório.
Apesar de não haver nenhuma estatística quanto ao número de trabalhadores afetados, pode-se dizer que, em maior ou menor grau, um vazamento de amônia nos frigoríficos afeta a todos indiscriminadamente, mesmo os patrões ocultando o fato. Ou seja, são verdadeiras tragédias.
No entanto, os efeitos posteriores, as doenças causadas pela fatalidade vão ser registradas como qualquer outro motivo que não é, de fato, o vazamento do gás amônia.

Relacionadas