Menu da Rede

Impugnação de Bolsonaro: uma manobra dos sem voto

Nova onda de mobilizações

A balança começa a se inclinar para a esquerda

A situação evolui para favorecer a esquerda e é preciso aproveitar para impor uma derrota acachapante contra os golpistas

Manifestação do dia 29 de maio na Avenida Paulista – Foto: Nelson Almeida/AFP

Redação do DCO

Henrique Simonard

Os atos do dia 29 abriram o caminho para desequilibrar a balança da correlação de forças para o lado da esquerda. Com o peso de centenas de milhares de pessoas nas ruas, agora a esquerda adquiriu novas forças para pressionar a situação política em seu favor. É um panorama que não vemos há muito tempo. Desde o início da pandemia a esquerda encontrava-se acuada, sem sair de casa, em busca de uma aliança desesperada e irrealizável com o centrão para governar o país. Contudo, as manifestações trouxeram novo alento para o panorama político em favor dos trabalhadores.

Os atos de rua colocaram no mundo concreto o descontentamento latente que havia no país, elevando a polarização política a um novo patamar, mais intenso e explosivo. A burguesia atualmente é quem encontra-se acuada, sua estratégia de tentar uma terceira via está se esfacelando junto com a tentativa de transformar a CPI da Covid em um enorme trampolim eleitoral para 2022. Tanto a extrema-direita está ajeitando seus cavalos, bispos e torres no tabuleiro, como a esquerda multiplica o número de peões na partida. Bolsonaro ganha força e cresce dentro das Forças Armadas. A punição tão esperada da Pazuello não veio, e com isso a burguesia ficou a ver navios, constatando cada vez mais que é cada vez mais difícil tentar colocar o alto comando das Forças Armadas contra Bolsonaro.

Para a esquerda, a tarefa é muito simples, colocar o povo na rua. Dia 19 de junho, data do segundo ato, temos o dever de levar pelo menos 1 milhão de pessoas às ruas de todo o Brasil. Os atos devem ser compostos pelos elementos mais combativos: juventude, trabalhadores, militantes em geral, mudando a correlação de forças dentro da própria esquerda. Não derrubaremos Bolsonaro com discursos parlamentares, propaganda nem nos aliando com a burguesia, é preciso atropelar os oportunistas da esquerda e dar lugar aos elementos mais decididos dispostos à luta pelo Fora Bolsonaro.

O panorama está colocando de tal forma que o povo mobilizado poderá ter todas as condições de derrubar Bolsonaro, o governo militar e o golpe, dependendo de como a esquerda organize os trabalhadores. As manifestações no Brasil tendem a ser muito mais organizadas que as demais do continente, têm força suficiente para derrubar Bolsonaro e quem vier em seguida. O simples fato de ser uma iniciativa das frentes entre partidos e organizações de esquerda, ao contrário do Chile, Colômbia e demais países da América Latina, que, embora estrondosas, são desorganizadas, demonstra que essa nova onda de manifestações tem a capacidade de derrubar o regime golpista e reverter o quadro do golpe em todo o continente.

Fora Bolsonaro é a pauta do momento, para materializá-la temos que insistir em um calendário nacional de mobilizações, greves operárias e ocupações estudantis. As condições estão dadas e devemos depositar toda nossa energia nisso. Dia 19 deve ser preparado para haver manifestações gigantescas e devemos pressionar as direções pela base para que não desfaçam as mobilizações em prol de algum acordo com a burguesia. Nada de acordos, nem frente ampla. Fora Bolsonaro, vacina Já! Auxílio emergência de um salário mínimo e Lula presidente.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.