Ambulantes protestam no centro do Recife (PE)

No último dia 3, ambulantes fizeram um protesto no centro do Recife (PE). O protesto, que aconteceu na Rua Direita, teve pneus furados e fogos de artifício. O motivo do protesto foi a rotineira ação criminosa da Prefeitura, que confisca as mercadorias dos ambulantes que trabalham na Rua Direita, que é próxima ao Mercado de São José. A manifestação foi dura e covardemente desfeita pela PM, que chegou a utilizar gás de pimenta.

Segundo os ambulantes, as ações de confisco são cada vez mais frequentes. Cada vez que uma mercadoria é apreendida, os ambulantes precisam pagar uma multa de R$ 500,00 para poder reaver os seus produtos. A extorsão dos fiscais da Prefeitura, no entanto, é embasada pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (Semoc), que autoriza essas práticas.

A existência de uma secretaria de mobilidade e controle urbano já é, em si, um absurdo e denuncia o caráter higienista do Governo e da Prefeitura golpistas do PSB. Ao invés de se preocupar com a “mobilidade” – que, na verdade, é apenas um pretexto para impedir que ambulantes possam negociar livremente -, a Prefeitura deveria estar preocupada com a situação de miséria em que se encontram muitos recifenses após o golpe de Estado.